Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

LEONISMOS

LEONISMOS

25
Abr15

E um 25 de abril pelos touros?


Leonardo Rodrigues

12971226_1rsqV.jpeg

 

Nos últimos dias, como muitos de vós devem ter visto, um vídeo feito pelo Nuno Markl e pelo Ricardo Araújo Pereira gerou uma certa polémica nas redes sociais, e com polémica quero dizer ameaças de morte e afins.

 

Não, nenhum deles ameaçou nada, nem ninguém. Pelo contrário, apelavam a que duas petições fossem assinadas, uma para que se parasse de canalizar dinheiros públicos para as touradas - "é capaz de haver duas ou três prioridades" - e outra para que crianças não assistam nem participem nas touradas, "é capaz de ser cedo", diz-nos Ricardo. Parece-me razóavel. 

Tradicionalmente isto é uma heresia. 

Tradicionalmente também já se separou negros dos brancos, já se escravizou e já se queimou com vida muito boa gente. Tradicionalmente ainda se apedreja até a morte - mais mulheres do que homens - quase porque simplesmente apetece, ainda se mata porque existem pessoas com ideias e preferências diferentes, ainda se olha de lado.

Se o que escrevi acima não parecer nada de muito civilizado é porque não é. Matar pouco tem de civilizado. 

Não há muito tempo uma veterinária nos Estados Unidos meteu um espeto num gato e foi despedida, em Portugal talvez ganhasse um reality show. Ou talvez não porque um gato é diferente dum touro. Deus fez o touro para espetar e o gato para animal doméstico. Às vezes esqueço-me disto, tantos são os ensinamentos da sociedade.

Deixo-vos um touro num registo diferente:

Nem tudo o que está enraizado na cultura é bom. Se algo envolve violência, raiva, dor, sangue, talvez seja dispensável, por mais apelativo que possa parecer a alguém. Só se evolui quando se rompe com o estabelecido. 

Hoje celebra-se isso mesmo, a rotura com o Antigo Regime. Se podemos dizer e fazer o que nos apetece, desde, claro, que respeitemos a liberdade do outro, devemos a esta rotura, aos corajosos que foram contra a barbaridade estabelecida. Tal como os mais que muitos portugueses que foram forçados a combater no Ultramar, o touro, se tivesse liberdade, com certeza que sairia "a salto". É preciso que hajam ainda mais corajosos por eles e não contra eles.

E um 25 de abril pelos touros? Talvez não, porque feriados também já quase não temos, mas podem assinar o que está em baixo: 

http://www.enterrartouradas.org (petição em causa no vídeo) 

http://peticaopublica.com/pview.aspx?pi=010basta

 

 

 

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Copyrighted.com Registered & Protected 
HMLF-E7YY-MGTC-ZU7E

Lugares

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D